Design sem nome 2

O que mudou no marketing digital após a pandemia?

Se você acompanha o marketing digital e sua atuação dentro do mercado, já sabe que a tendência prevista para ele, antes da pandemia, é de crescimento, passando a ser cada vez mais fundamental para alavancar seu negócio.

Contudo, quando o isolamento começou o marketing digital se mostrou quase como uma obrigação para as empresas conseguirem sobreviver e se manter presente na jornada do consumidor. E, com essas mudanças, todo mundo precisa se adaptar ao novo cotidiano.

Apesar de trágico e incerto, a quarentena e a crise trazem por um lado a reinvenção do negócio. E para isso é preciso ter atitude. Neste momento ter o cliente no centro do negócio passou a ser ainda mais importante, e a grande diferença está no digital, que se tornou prioridade até mesmo em segmentos com presença online ainda modesta.

As mudanças do digital ocorrem tanto para as empresas quanto para os consumidores. O processo de tomada de decisão dos clientes será diferente na realidade após a crise. As marcas vão precisar se reconectar com seu público, rever suas ofertas e maneiras de comunicá-las. Para ser bem sucedido em capturar essas novas fontes de receita as empresas precisam reforçar suas habilidades digitais e entregar efetivamente a promessas da marca e dos produtos, garantindo a conexão por todo processo do negócio.

É preciso reaprender (caso ainda não tenha feito isso) e descobrir o novo normal, ou seja, aderir às possibilidades de conexão técnica e afetiva no virtual. Isso porque, como dissemos, as pessoas mudaram suas formas de consumo e 40% dos brasileiros passam mais tempo agora pesquisando ou comprando on-line (Facebook IQ).

É importante também que o foco seja ainda mais nas pessoas, nas suas dores e desejos, e na comunicação de seus propósitos como marca, em busca de relevância, engajamento e impacto social.

Mas você, dono de negócio, não está sozinho nessa. Por isso, criamos um conteúdo especial para que possa encontrar soluções e oportunidades a fim de lidar com os desafios deste momento.

Esperamos que no final você conheça as estratégias e opções mais viáveis ao seu negócio, e consiga atingir seus objetivos de forma impactante.

Se seu cliente não está na loja, onde ele está? Entenda o novo comportamento de compra dos seus clientes.

O surto causado pelo Coronavírus vem impactando o mercado de produtos de consumo em todo o mundo, provocando uma mudança de hábito nos consumidores, que estão mais cautelosos durante as compras.

O crescente consumo pela internet já é observado antes mesmo da pandemia, e após a quarentena essas mudanças se potencializaram, segundo a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). A pesquisa mostra que as compras online e os pagamentos por meio digital aumentaram com o isolamento e esses hábitos de compra e consumo devem continuar no pós-pandemia. Com isso vem o aumento do hábito de consumo do autoatendimento/autosserviço e o aprofundamento na informação. Ou seja, os consumidores estão pesquisando antes de visitar o estabelecimento físico, tornando as compras cada vez mais planejadas, pesquisando melhores ofertas, escolhendo os canais físicos e digitais, reduzindo a frequência e tempo em lojas físicas, buscando resolver suas necessidades com praticidade e segurança.

Ainda sobre este estudo, a SBVC destaca que 52% dos entrevistados estão comprando mais em sites e aplicativos durante a quarentena e 72% pretendem continuar comprando mais online do que faziam antes da Covid-19.

Outras pesquisas nos confirmam mais uma vez a importância dos canais online associado ao comportamento dos consumidores: segundo entrevistas da Confederação Nacional da Indústria (CNI), após o fim das medidas de isolamento social, 52% das pessoas pretendem frequentar menos espaços de comércio como shoppings, e 48%, bares e restaurantes. E os dados da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), ressaltam que algumas lojas virtuais chegaram a registrar um crescimento de mais de 180% em compras de alimentos, bebidas, beleza e saúde.

Outra mudança no comportamento dos brasileiros é que os consumidores têm experimentado o novo nas compras durante a pandemia:

  • 25% estão frequentando novas lojas (mesmo que virtualmente);
  • 30 a 40% estão comprando novas marcas.

Referindo-se agora a um estudo sobre o comportamento no exterior, a Kantar Brasil Insights – especializada na identificação de tendências e comportamento de consumo – levantou uma análise dos hábitos de compra no período afetado pela pandemia e no pós-crise, com regiões latino-americanas, espanholas e do Reino Unido.

Assim como as cidades brasileiras, essas também obtiveram menos visitas aos pontos de venda. Os consumidores priorizaram novos canais (e-commerce), e tiveram maiores compras por viagem, ou seja, quanto mais a frequência de compras diminui, maior o tamanho do carrinho.

Além disso, surgem novas preocupações e novas formas de receber e interagir com a comunicação. Isso faz com que haja adaptação de compras e de canais, que devem garantir experiência adequada a essas novas necessidades. Olhando especificamente para o e-commerce, a experiência de compra prevalece. Portanto é hora de investir em melhoria, levando-a para outro nível.

Também é importante entender as fraquezas de compradores que estão apenas ingressando neste mundo digital e transferir a experiência de uma loja física para uma loja virtual.

Compilando essas breves informações, você já deve ter notado que, mesmo com a incerteza do futuro, o consumidor, de longe, será o mesmo depois desse isolamento, e consequentemente as visitas físicas nas lojas.

Portanto, a aceleração do marketing digital é essencial para atender a esse novo consumidor. Aprimorar a experiência do usuário, captar mais dados para melhor entender o consumidor e aproveitar novas oportunidades de negócios será mandatório. Pensem em como criar ou atualizar os hábitos digitais, desenhe uma estratégia adequada para os canais, examine as capacidades das plataformas e otimize estratégias para impulsionar a comunicação com os consumidores e o seu compromisso com as nossas marcas.

Entender o comportamento e os locais de compra dos consumidores fará toda a diferença, e por isso queremos ensinar você a estar presente na internet, não necessariamente o fechamento da sua venda precisa ser online, mas ao pesquisar por um produto/serviço é importante que sua empresa apareça para seu público, ou ser lembrado por ele permanecendo presente nas suas redes sociais, por exemplo

Por que investir em marketing digital na crise?

Porque conversa com seu público de forma eficiente

Além do meio digital ser a maior ferramenta para atingir pessoas, você consegue acertar o seu público-alvo ou melhor, sua persona (abaixo vamos explicar um pouco melhor sobre), de forma segmentada e captar clientes.

Diferente da mídia offline, por exemplo um outdoor, na internet existem diversas informações sobre a pessoa que foi impactada com seu anúncio. Sabendo quem está vendo sua empresa é possível criar uma comunicação direta e eficiente.

Porque você terá relatórios detalhados

Através de várias ferramentas é possível ter relatórios com diversas informações. Por exemplo: saber quantas pessoas viram seu anúncio e entraram em contato pelo seu site ou quanto foi pago por cada visita em seu site. Além dessas informações ajudarem a montar a estratégia da sua empresa, elas ajudam a conhecer a sua persona.

Porque seus investimentos serão mais acessíveis

A mídia offline tem um preço elevado, além da dificuldade de mensuração dos resultados da campanha. No marketing digital é possível começar com um pequeno orçamento, alcançando um grande público, e estando em diferentes plataformas digitais.

Porque você terá resultados

Seja sua empresa um restaurante ou uma indústria, existirá uma ou mais estratégias eficientes para a conquista de resultados. Provavelmente não será fácil e às vezes não tão rápido, mas o digital tende a ser seu principal meio de captação de novos clientes.

Está vendo como o marketing digital só tem a acrescentar no seu negócio. Fique ligado em mais posts do nosso blog para saber como tornar ainda mais eficiente a presença digital da sua marca.

 

SEPARAMOS ALGUNS ARTIGOS SEMELHANTES...

Como uma clínica veterinária especializada em felinos conquistou mercado e se tornou uma das grandes referências em São Paulo
A MEDCAT é uma empresa que nos orgulhamos muito em...
Instagram Stories: tudo o que você precisa saber para ter sucesso com a ferramenta.
Como o stories podem te ajudar a melhorar seu engajamento...
Marketing Para Médicos
Atraia mais pacientes para você ou para sua clínica e...