Marketing Tradicional

Marketing Tradicional: os dias estão contados?

Uma análise real, detalhada e comparativa sobre o Marketing Tradicional e o Marketing Digital.

Antes de falarmos de Marketing Tradicional e Digital, um pouco de história

Desde antes do descobrimento do Brasil, a possibilidade de veiculação de anúncios em massa (que é a base do marketing tradicional) já existia, tendo seu marco com a invenção da prensa tipográfica em 1450, por Gutenberg, e a partir de então a forma de impactar o público com anúncios evoluiu significativamente, saindo das impressões para distribuição individual até os anúncios em vias públicas, que impactava mais pessoas, começando com os cartazes, que posteriormente foram proibidos em Londres e deu-se início ao que hoje chamamos de Outdoors.

Logo em seguida tivemos a vinda da televisão, do rádio e do telefone, sendo que a TV começou a ser dominante a partir de 1954, e isso permaneceu crescente por muitos anos, até chegarmos ao ponto em que estamos, com a entrada dos computadores e smartphones. (Quer ler de forma mais detalhada sobre toda a história do Marketing? Acesse o conteúdo da RockContent).

 

O digital ganhando espaço na vida das pessoas

Os anos 90 gerou um marco na comunicação, uma vez que a internet obteve um crescimento significativo, e com isso teve sua presença em um enorme número de lares. Se dos anos 50 aos anos 90 foram quase meio século de dominância da TV, a partir desta década a evolução da tecnologia foi cada vez mais rápida e a concorrência ficou mais acirrada.

Após esse breve resumo da história, também é importante explicar o conceito de “Marketing Tradicional” que vamos usar aqui nesta matéria: Ele consiste em ser todos os canais e estratégias que existem a mais tempo e que ainda é possível sua veiculação, como propagandas em televisão, rádio, revista, outdoor, panfleto e os demais.

Claro que o Marketing Tradicional não morreu, basta olhar para a televisão e ver fenômenos como o Super Bowl, que possuem os comerciais mais caros e ainda são extremamente lucrativos para as empresas, que concentram seus grandes lançamentos para este momento. Para se ter uma ideia, o evento fatura cerca de 500 milhões de dólares devido ao marketing.

E não precisamos nos prender nos EUA para ver o sucesso de alguns eventos e programas televisivos. O Big Brother, reality show licenciado pela Rede Globo de Televisão, em 2021 obteve uma receita que ultrapassa os 530 milhões de reais.
Fora a televisão, muitas rádios ainda possuem bons faturamentos, bem como revistas, jornais e outros.

Nova Era no Marketing

Mas nem tudo são flores para estes veículos de comunicação. Eles tiveram e ainda devem se adaptar muito, pois não basta ficarem presos ao que eram no passado, eles necessitam se adaptar à nova realidade de consumo para se manterem vivos e lucrativos.

Praticamente todas as rádios, revistas e emissoras de televisão possuem conteúdos no Youtube e atuam nas redes sociais, buscando aumentar sua relevância, autoridade e gerar mais receita com monetização.

Uma vez que falamos da Rede Globo, basta acessar o portal globo.com ou o g1.com para entender que a atuação na geração de conteúdos e notícias em tempo real por lá é intensa.

 

Investir em Marketing Digital realmente traz bons resultados?

Enquanto os veículos focados no marketing tradicional se reinventam para se manterem fortes no jogo, nós vimos empresas como Google e Facebook tornarem grandes potências mundiais, mudando completamente a percepção que tínhamos de marketing.

Hoje, você pode criar estratégias extremamente segmentadas, atingindo realmente o público que tem maior potencial de consumo do seu produto ou serviço, otimizando e variando da melhor forma possível sem investimento.

E o melhor, com o advento do Marketing Digital, não é preciso ter uma verba gigantesca para começar a anunciar. Qualquer empresa pode investir, até mesmo com R$ 100,00 por mês gerando resultados significativos, de acordo com a estratégia estabelecida. Não há evolução maior que essa.

Para exemplificar, em 2020, em decorrência de assuntos principalmente políticos, grandes empresas como Starbucks, Unilever, Coca-Cola, Honda e Verizon anunciaram um grande boicote ao Facebook. Resultado: Mesmo com o boicote, o Facebook dobrou seu lucro líquido no período.

Bom, mas e aí? As empresas deixarão de investir nos canais mais tradicionais de marketing e investirão somente no digital?

Não, não acreditamos que as empresas deixarão de investir no Marketing Tradicional, mas como já acontece atualmente, o investimento no digital só tende a se consolidar cada vez mais.

Com isso, provavelmente a proporção de investimento nos canais tradicionais sejam bem menores que no digital, e com a evolução da tecnologia, novos canais surgirão e se consolidarão, dando ainda mais possibilidades aos anunciantes.

 

Marketing Tradicional x Marketing Digital: Onde eu devo investir?

Se sua empresa possui uma boa verba destinada ao marketing, acreditamos que o ideal é sempre pensar em distribuir em vários canais, extraindo o melhor de cada um, ganhando assim mais possibilidade de obter resultados e fortalecer sua marca. É claro que dentre essa distribuição é sempre necessário pensar no seu público-alvo e o público que o canal de comunicação conversará, até porque não é efetivo investir em um determinado canal se seus potenciais clientes não consomem aquele tipo de conteúdo.

Na necessidade de escolha entre um e outro, o digital tende a ser mais efetivo e destacamos aqui algo que pouco se tem no marketing tradicional: A possibilidade de utilizar a estratégia de marketing de conteúdo, também conhecido como Inbound Marketing, e não apenas impactar seu público com ofertas diretas ou campanhas institucionais.

Para concluir este longo e denso passo sobre o Marketing Tradicional e o Marketing Digital, chegamos à conclusão que não existe melhor ou pior, o que existe é a estratégia ideal, baseada em perfil de público, segmento, verba e outros fatores, que sua equipe de marketing deverá analisar ao propor a divisão de investimento.

 

Gostou do conteúdo? Quer entender mais sobre o Marketing Digital? Então fique por dentro do nosso blog pensado e feito por especialistas na área. Se inscreva na nossa newsletter e atualize-se.

SEPARAMOS ALGUNS ARTIGOS SEMELHANTES...

Público Alvo e Persona: As principais diferenças e como aplicá-las
Primeiramente, para uma estratégia de marketing digital funcionar, além de...
Crescimento de 30% no ano investindo em anúncios
Em um ano de pandemia, a maior parte das empresas...
Redes sociais – Como escrever conteúdos relevantes
A criação de conteúdo para as redes sociais deve estar...
Anúncios – Aprenda como escrever textos que convertem
Anúncios que geram resultados não trabalham somente a imagem chamativa,...
Ao continuar a navegar ou clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies próprios e de terceiros em seu dispositivo para aprimorar a navegação no site, analisar o uso do site e auxiliar em nossos esforços de marketing.
Políticas de Cookies
Configurações de Cookies
Aceitar todos Cookies
By continuing to browse or by clicking "Accept All Cookies" you agree to the storing of first and third-party cookies on your device to enhance site navigation, analyze site usage, and assist in our marketing efforts.
Cookie Policy
Cookie Settings
Accept All Cookies